Conecte-se conosco

Política

PT se preocupa com possível revés judicial que torne Lula inelegível em 2022

Segundo colunista, dois fatores aumentaram a preocupação quanto à possível inelegibilidade de Lula: a manutenção do bloqueio de bens do ex-presidente e uma declaração de Bolsonaro.

Publicado

em

Lula

Após a euforia com a decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), que tornou o ex-presidente Lula elegível, o clima nesta semana no Partido dos Trabalhadores (PT) passou a ser de apreensão. Isso porque os políticos temem que alguma decisão judicial acabe retirando o petista da disputa pela presidência em 2022.

Segundo o colunista Guilherme Amado, da Época, dois fatores aumentaram a preocupação quanto à possível inelegibilidade de Lula. A primeira é a decisão que manteve o bloqueio de bens do ex-presidente.

Além disso, o próprio presidente Jair Bolsonaro afirmou recentemente a apoiadores, na porta do Palácio da Alvorada, que Lula não permanecerá elegível. A declaração serviu como um sinal de alerta para o partido.

Você pode gostar
Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.