Conecte-se conosco

Concursos e Processos Seletivos

Veja quanto você pode ganhar passando em um concurso da Receita Federal

A estabilidade que um concurso público federal oferece, agregado a um bom salário, é algo que vale os estudos e todo o esforço para conseguir uma vaga.

Publicado

em

Passar em um concurso da Receita Federal é algo muito desejado pelos concurseiros, e isso se deve principalmente ao salário pago pela instituição. Cargos como analista e auditor contam com remunerações bem atrativas, e saber sobre isso pode ajudar na motivação dos estudos.

Leia também: Compreendendo o funcionamento da Agenda Tributária da Receita Federal

A estabilidade que um concurso público federal oferece, agregado a um bom salário, é algo que vale os estudos e todo o esforço para conseguir uma vaga. Mas quanto exatamente ganham estes profissionais?

Bem, um analista pode ter remuneração inicial de mais de R$ 12 mil, com os benefícios, e o cargo de auditor pode ter uma remuneração inicial de mais de R$ 21 mil. Na verdade, os salários são, respectivamente, R$ 11.684,39 e R$ 21.023,03, porém ainda há o vale alimentação, que tem valor fixo de R$ 458, e acrescenta a renda.

Mas não é só o vale alimentação que pode aumentar a renda de um cargo na Receita Federal, pois a instituição conta com outros benefícios, como bônus de eficiência, auxílio saúde, plano de saúde e ainda auxílio pré-escolar.

Para participar desse tipo de concurso é exigido nível superior de escolaridade, e geralmente qualquer graduação pode entrar na disputa por um cargo. Mas atenção! O diploma de nível superior para concorrer à vaga deve ser de instituições reconhecidas pelo MEC.

Desde o ano de 2014 a Receita Federal não realiza um concurso para auditor fiscal, no qual ofertou 278 vagas. Para analista, o último concurso foi realizado em 2012. Ambos tiveram como banca a Escola de Administração Fazendária (ESAF).

Sobre o conteúdo das provas

Auditor

Composta por 140 questões: 70 de conhecimentos gerais (20 de português; 10 de inglês ou espanhol; 10 de raciocínio lógico-quantitativo; 10 de administração geral e pública; 10 de direito constitucional e 10 de direito administrativo) e 70 de conhecimentos específicos (15 de direito tributário, 10 de auditoria, 20 de contabilidade geral e avançada, 10 de legislação tributária e 15 de comércio internacional e legislação aduaneira).

Analista

Composta por 135 questões: 75 de conhecimentos básicos (20 de português, 10 de inglês ou espanhol, 10 de raciocínio lógico-quantitativo e 25 de direito administrativo e direito constitucional, 10 de administração geral) e 60 de conhecimentos específicos (20 de direito tributário, 10 de contabilidade geral e 30 de legislação tributária e aduaneira).

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS