Conecte-se conosco

Imposto de Renda - IRPF

Restituição do IR já está disponível no site da Receita Federal

A partir dessa terça-feira (24), o primeiro lote de restituição do imposto de renda já está disponível para ser consultado.

Publicado

em

A partir dessa terça-feira (24), o primeiro lote de restituição do Imposto de Renda já está disponível para ser consultado. Conforme as informações da Receita Federal, esse lote alcança as restituições residuais de exercícios anteriores.

Veja também: Como reduzir o Imposto de Renda?

Esse primeiro lote está destinado aos contribuintes que possuem prioridade: os idosos com mais 80 anos, que representam 226.934 contribuintes, idosos entre 60 e 79 anos, que são 2.305.412 de contribuintes, pessoas com deficiência física ou mental ou moléstia grave (149.016) e cuja maior fonte de renda seja a profissão de professor (702.607).

Para verificar a restituição, siga estes passos:

• Acesse a página da Receita Federal;
• Clique em “Meu Imposto de Renda”;
• Em seguida, digite seu CPF e data de nascimento e em “Consultar a Restituição”.

A página da Receita Federal permite que os contribuintes façam uma consulta simples ou completa de sua declaração. Quando logar no e-CAC, clique em ‘’Meu Imposto de Renda’’ e depois vá até ‘’Extrato do processamento’’.

Caso a página mostre alguma falha na declaração é possível corrigi-la as que estão erradas ou adicionar as faltantes.

A Receita Federal possui aplicativo por onde é possível verificar a consulta das informações sobre a liberação das restituições e a situação do cadastro do contribuinte.

O pagamento da restituição é feito em uma conta bancária informada na declaração do IR. Caso os valores não sejam creditados na conta por alguma falha da conta, eles ficarão disponíveis em um conta do banco do brasil por até um ano.

Para resgatar esses valores é necessário que o cidadão entre em contato com a Receita para reagendar o crédito dos valores pelo Portal BB ou através dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (para deficientes auditivos).

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS