Conecte-se conosco

Bancos

Última remessa do saque extraordinário do FGTS foi liberada

A estimativa da Caixa Econômica Federal, é que nesta etapa seja disponibilizado pelo governo federal cerca de R$2,3 bilhões de reais

Publicado

em

Trabalhadores nascidos em dezembro já podem realizar o saque extraordinário no valor de até R$ 1,000 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Aproximadamente, 3,3 milhões de trabalhadores terão o dinheiro liberado, de acordo com o mês de nascimento em calendário liberado pelo Governo Federal.

Veja também: Quanto rende o FGTS?

A estimativa da Caixa Econômica Federal é que, nesta etapa, seja disponibilizado pelo Governo Federal cerca de R$2,3 bilhões de reais, de um total de R$ 30 bilhões disponibilizados para o saque extraordinário. Esse será o último valor a ser pago aos grupos.

Os trabalhadores nascidos entre janeiro e novembro já tiveram seus valores liberados nas datas anteriores. A retirada dos valores será possível até o dia 15 de dezembro.

É possível também realizar consultas de quem tem direito ao saque – além de valores e datas para receber o dinheiro – pelo site da Caixa, pelo aplicativo FGTS e nas agências da Caixa Econômica Federal (CEF).

No total, 42 milhões de trabalhadores estão habilitados a receberem os valores do saque extraordinário do FGTS. Pode-se consultar o valor disponível, mas a retirada e movimentação dos valores segue conforme cronograma estabelecido pela Caixa Econômica Federal.

Pelo site do FGTS é possível consultar:

• se possui direito ao Saque Extraordinário do FGTS;

• consultar a data de crédito na Conta Poupança Social Digital.

Já pelo aplicativo FGTS e nas agências da Caixa, é possível:

• consultar o valor a receber;

• consultar a data do crédito na Conta Poupança Social Digital;

• informar que não quer receber o valor;

• solicitar o retorno do valor para a conta FGTS;

• alteração cadastral para criação de Conta Poupança Social Digital.

Se o titular possuir mais de uma conta do FGTS, o saque é feito na seguinte ordem: primeiro, as contas relativas a contratos de trabalho passados, com início pela conta que tiver o menor saldo; em sequência, as demais contas vinculadas, com início pela conta que tiver o menor saldo.

Não será possível sacar os valores bloqueados na conta do FGTS, como a garantia de operações de Crédito e antecipação do saque-aniversário, por exemplo. Já, se o trabalhador não tiver uma conta no Caixa Tem, a Caixa irá abrir uma conta automaticamente. Porém, em caso de dados incompletos que não permitam a abertura da conta digital, o trabalhador terá de pedir a liberação dos recursos.

O saque não é obrigatório pelo trabalhador, é facultativo. Se ele não desejar realizar o saque, pode informar que não tem interesse em receber o saque extraordinário.

Nesse caso, ele deverá acessar o aplicativo FGTS ou ir até uma agência do banco para informar que não tem interesse. Já para os interessados, os valores ficarão disponíveis até dia 15 de dezembro deste ano.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS