Conecte-se conosco

Ações, Units e ETF's

Cias&Cifras | veja as ações e os fundos mais escolhidos para as carteiras em outubro

Cias&Cifras | veja as ações e os fundos mais escolhidos para as carteiras em outubro

Publicado

em

O Big Data SmartBrain revela a lista das ações e dos fundos de investimento favoritos dos investidores no mês de outubro.

São as aplicações feitas, de fato, ao longo do mês passado, de acordo com estudo da SmartBrain, fintech de consolidação de investimentos, com base no processamento diário de 210 mil extratos de investimentos, totalizando mais de R$ 120 bilhões.

A maior parte dos investidores – analisados forma agregada, tem mais de R$ 300 mil em suas carteiras e são os segmentos Alta Renda e Private, contando com a assessoria de profissionais de investimentos no seu dia a dia.

O Big Data SmartBrain revela a lista das ações e dos fundos de investimento favoritos

Ibovespa

O Ibovespa fechou com queda de 0,69% em outubro aos 93.952 pontos, apesar de ter passado grande parte do mês contabilizando ganhos. Os últimos dias do mês foram decisivos para o recuo.

Entre os fatores desfavoráveis, os casos de covid-19 nos Estados Unidos e na Europa, onde diversos países tiveram que retomar os lockdowns e restrições de circulação de pessoas e das atividades de comércio e serviços, e a proximidade das eleições presidencial nos Estados Unidos, já com rumores da possibilidade de contestação do resultado por Donald Trump. Internamente, continuou a preocupação com a situação fiscal e a sustentabilidade das contas públicas.

Outubro foi o terceiro mês seguido de quedas, pois em setembro o principal índice da Bolsa teve desvalorização de 4,80%, e em agosto, uma baixa de 3,44%. No ano até o mês passado, o Ibovespa acumulou uma queda de 18,76%.

O Big Data SmartBrain revela a lista das ações e dos fundos de investimento favoritos

Dólar

O dólar comercial encerrou outubro com valorização de 2,17%, a terceira alta mensal. Porém, no ano, a moeda americana acumula desvalorização de 43%.

Já o Ifix – Índice de Fundos Imobiliários negociados na Bolsa, teve queda de 1,01% no mês passado, acumulando no ano uma perda de 13,47%

O Big Data SmartBrain revela a lista das ações e dos fundos de investimento favoritos> Petrobras (PETR4) anuncia resgate antecipado de títulos globais

A Petrobras (PETR4) informou nesta segunda-feira (23) que sua subsidiária integral Petrobras Global Finance enviou notificações de resgate antecipado aos investidores de cinco títulos globais com vencimento em 2021 e 2022.

Segundo a Reuters, o valor total do resgate equivale a aproximadamente 2 bilhões de dólares, excluindo juros capitalizados e não pagos, e será financiado com recursos próprios da empresa.

A operação

A operação envolve os títulos 3,750% Global Notes, 5,375% Global Notes e 8,375% Global Notes, com vencimento em 2021, e 6,125% Global Notes e 5,875% Global Notes vincendos em 2022, informou a petroleira.

A precificação do resgate e a liquidação serão feitas em dezembro deste ano, nos dias 18 e 23, respectivamente.

Ibovespa

Na sessão de ontem, estiveram em destaque os papéis da Petrobras (PETR3, R$ 25,10, +6,13%;PETR4, R$ 25,48, +4,86%), com ganhos superiores a 6% para os ativos ON e de quase 5% para os papéis PN em meio à alta do petróleo com as boas notícias sobre a vacina. Os preços da commodity subiram mais de 2%, ampliando os ganhos da última semana, após notícias otimistas sobre testes de uma vacina contra o coronavírus levarem operadores a antecipar uma recuperação de demanda.

Petróleo

O Brent fechou em alta de 2,45%, a US$ 46,06 por barril, enquanto o petróleo dos Estados Unidos teve alta de 1,51%, para US$ 43,06 o barril. Ambos tinham saltado 5% na semana passada.

Soluções

A Petrobras lança hoje edital para selecionar até dez start-ups. O valor a ser investido pode chegar a R$ 600 mil. O objetivo é testar novas soluções nas áreas de saúde, segurança operacional, otimização e automação de processos. As inscrições vão até o dia 07 de dezembro. Cada empresa poderá receber até R$ 60 mil.

Consultor de inovação aberta do centro de Pesquisas da Petrobras, Ricardo Ramos disse que o objetivo é acelerar a inovação aberta. Procuramos soluções que já estão maduras e que possam ser testadas na companhia.

Você pode gostar
Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.