Conecte-se conosco

Ações, Units e ETF's

Cias&Cifras | veja as ações e os fundos mais escolhidos para as carteiras em outubro

Cias&Cifras | veja as ações e os fundos mais escolhidos para as carteiras em outubro

Publicado

em

O Big Data SmartBrain revela a lista das ações e dos fundos de investimento favoritos dos investidores no mês de outubro.

São as aplicações feitas, de fato, ao longo do mês passado, de acordo com estudo da SmartBrain, fintech de consolidação de investimentos, com base no processamento diário de 210 mil extratos de investimentos, totalizando mais de R$ 120 bilhões.

A maior parte dos investidores – analisados forma agregada, tem mais de R$ 300 mil em suas carteiras e são os segmentos Alta Renda e Private, contando com a assessoria de profissionais de investimentos no seu dia a dia.

O Big Data SmartBrain revela a lista das ações e dos fundos de investimento favoritos

Ibovespa

O Ibovespa fechou com queda de 0,69% em outubro aos 93.952 pontos, apesar de ter passado grande parte do mês contabilizando ganhos. Os últimos dias do mês foram decisivos para o recuo.

Entre os fatores desfavoráveis, os casos de covid-19 nos Estados Unidos e na Europa, onde diversos países tiveram que retomar os lockdowns e restrições de circulação de pessoas e das atividades de comércio e serviços, e a proximidade das eleições presidencial nos Estados Unidos, já com rumores da possibilidade de contestação do resultado por Donald Trump. Internamente, continuou a preocupação com a situação fiscal e a sustentabilidade das contas públicas.

Outubro foi o terceiro mês seguido de quedas, pois em setembro o principal índice da Bolsa teve desvalorização de 4,80%, e em agosto, uma baixa de 3,44%. No ano até o mês passado, o Ibovespa acumulou uma queda de 18,76%.

O Big Data SmartBrain revela a lista das ações e dos fundos de investimento favoritos

Dólar

O dólar comercial encerrou outubro com valorização de 2,17%, a terceira alta mensal. Porém, no ano, a moeda americana acumula desvalorização de 43%.

Já o Ifix – Índice de Fundos Imobiliários negociados na Bolsa, teve queda de 1,01% no mês passado, acumulando no ano uma perda de 13,47%

O Big Data SmartBrain revela a lista das ações e dos fundos de investimento favoritos> Petrobras (PETR4) anuncia resgate antecipado de títulos globais

A Petrobras (PETR4) informou nesta segunda-feira (23) que sua subsidiária integral Petrobras Global Finance enviou notificações de resgate antecipado aos investidores de cinco títulos globais com vencimento em 2021 e 2022.

Segundo a Reuters, o valor total do resgate equivale a aproximadamente 2 bilhões de dólares, excluindo juros capitalizados e não pagos, e será financiado com recursos próprios da empresa.

A operação

A operação envolve os títulos 3,750% Global Notes, 5,375% Global Notes e 8,375% Global Notes, com vencimento em 2021, e 6,125% Global Notes e 5,875% Global Notes vincendos em 2022, informou a petroleira.

A precificação do resgate e a liquidação serão feitas em dezembro deste ano, nos dias 18 e 23, respectivamente.

Ibovespa

Na sessão de ontem, estiveram em destaque os papéis da Petrobras (PETR3, R$ 25,10, +6,13%;PETR4, R$ 25,48, +4,86%), com ganhos superiores a 6% para os ativos ON e de quase 5% para os papéis PN em meio à alta do petróleo com as boas notícias sobre a vacina. Os preços da commodity subiram mais de 2%, ampliando os ganhos da última semana, após notícias otimistas sobre testes de uma vacina contra o coronavírus levarem operadores a antecipar uma recuperação de demanda.

Petróleo

O Brent fechou em alta de 2,45%, a US$ 46,06 por barril, enquanto o petróleo dos Estados Unidos teve alta de 1,51%, para US$ 43,06 o barril. Ambos tinham saltado 5% na semana passada.

Soluções

A Petrobras lança hoje edital para selecionar até dez start-ups. O valor a ser investido pode chegar a R$ 600 mil. O objetivo é testar novas soluções nas áreas de saúde, segurança operacional, otimização e automação de processos. As inscrições vão até o dia 07 de dezembro. Cada empresa poderá receber até R$ 60 mil.

Consultor de inovação aberta do centro de Pesquisas da Petrobras, Ricardo Ramos disse que o objetivo é acelerar a inovação aberta. Procuramos soluções que já estão maduras e que possam ser testadas na companhia.

Publicidade
Comentários

Ações, Units e ETF's

Conheça as 30 maiores pagadoras de dividendos em 2020

Analistas fizeram um levantamento de resultados em 2020, de acordo com números de 2019.

Publicado

em

Dividendos

Analisar dividendos é importante para os investidores que desejam aplicar pensando em viver de renda. Eles representam o percentual de lucros que a companhia distribui entre os acionistas, como uma espécie de remuneração. Assim, se tiver comprado ação de uma empresa que paga dividendos, o investidor possui direito a grana extra.

Em algumas situações, o dinheiro é pago mensalmente. Já em outras, os dividendos são disponibilizados uma vez a cada trimestre, semestre ou até mesmo por ano. Dessa forma, o período de liberação dependerá dos critérios da empresa. Mas esse não deve ser o único item a ser avaliado ao determinar as melhores e maiores pagadoras de dividendos.

“A carteira de investimentos em dividendos olha muito para o longo prazo, porque você vai buscar ganhar com o lucro que a empresa distribui, e não necessariamente com a valorização dela” destaca o analista de investimentos da Rico, Thiago Salomão.

Portanto, ao decidir por investir em dividendos, é importante selecionar empresas consolidadas, que distribuem bons dividendos e permanecem com a aplicação por longo tempo. 

Veja a lista com as 30 maiores pagadoras de dividendos de 2019:

Empresa

Setor 

Média Div Yld (inic)

5 anos em %

Div Yield (inic)

12 meses Div + JCP

em %

Retorno 12 meses

com DIV e JCP

em %

Cyrela Realt (CYRE3)

Construção civil 5,27 11,04

113,29

BBSeguridade (BBSE3)

Previdência e seguros 7,57 10,14

36,61

Petrobras BR (BRDT3)

Petróleo gás e biocombustíveis 6,97 10,01

30,09

Sid Nacional (CSNA3)

Siderurgia e metalurgia

2,71 9,37

38,30

Itausa (ITSA4)

Intermediários financeiros 6,66 9,00

7,71

Qualicorp (QUAL3)

Serviços médico-hospitalares análises e diagnósticos 6,51 8,36

225,08

MRV (MRVE3)

Construção civil 5,94 7,94

52,12

Telef Brasil (VIVT4)

Telecomunicações 5,87 7,68

30,22

Smiles (SMLS3)

Diversos 6,79 7,55

-15,55

ItauUnibanco (ITUB4)

Intermediários financeiros 5,56 7,48

-3,46

Taesa (TAEE11)

Energia elétrica 10,93 7,34

30,23

BR Malls Par (BRML3)

Exploração de imóveis 2,23 7,05

37,41

Santander BR (SANB11)

Intermediários financeiros 7,43 5,89

-12,02

CCR SA (CCRO3)

Transporte 4,44 5,45

34,84

Bradesco (BBDC3)

Intermediários financeiros 4,47 5,38

-5,12

Cemig (CMIG4)

Energia elétrica 6,24 5,25

15,02

Bradesco (BBDC4)

Intermediários financeiros 4,80 5,25

-10,90

Bradespar (BRAP4)

Mineração 5,43 4,97

44,48

Cielo (CIEL3)

Serviços financeiros diversos 3,62 4,77

-29,99

Klabin S/A (KLBN11)

Madeira e papel 3,90 4,71

20,38

Fleury (FLRY3)

Serviços médico-hospitalares análises e diagnósticos 5,52 4,71

53,39

Brasil (BBAS3)

Intermediários financeiros 5,30 4,66

-5,67

Btgp Banco (BPAC11)

Intermediários financeiros 5,87 3,93

131,79

Engie Brasil (EGIE3)

Energia elétrica 6,47 3,76

21,40

Eletrobras (ELET6)

Energia elétrica 2,40 3,59

1,96

B3 (B3SA3)

Serviços financeiros diversos 4,39 3,58

64,63

Hypera (HYPE3)

Comércio e distribuição 2,87 3,57

29,73

Petrobras (PETR4)

Petróleo gás e biocombustíveis 1,63 3,50

13,01

Tim Part S/A (TIMP3)

Telecomunicações 2,39 3,44

48,59

Irbbrasil Re (IRBR3)

Previdência e seguros 4,50 3,26

24,36

Informações com base em estudo de analistas da Rico (19/02/2020).

Continue lendo

Ações, Units e ETF's

PicPay se prepara para oferta inicial de ações na Bolsa

Fintech teve crescimento impulsionado em 2020, em razão da pandemia de Covid-19, que estimulou o uso de serviços financeiros digitais.

Publicado

em

PicPay

Diante do contexto competitivo no setor bancário, o PicPay aquece para ingressar na lista de companhias de tecnologia que devem abrir capital em 2021. A carteira digital foi difundida no Brasil por possibilitar transferências instantâneas entre contas de bancos distintos e vem constantemente atualizando as suas soluções financeiras.

Segundo o jornal O Estado de São Paulo, a fintech ainda não formalizou o contrato com o sindicato responsável pela estruturação de sua oferta. Entretanto, a empresa já deu início aos acordos.

O PicPay expandiu aceleradamente em 2020, principalmente depois do começo do isolamento social, imposto pela pandemia de Covid-19. Como consequência, foram impulsionados os serviços financeiros digitais. 

A carteira digital foi fundada em 2012 por um trio de empreendedores de Vitória, no Espírito Santo. Em 2019, a companhia foi comprada pelo Banco Original, da J&F, que também gere a JBS.

Continue lendo

Ações, Units e ETF's

Itaúsa (ITSA4) vai emitir debêntures para comprar Liquigás

Publicado

em

Itaúsa

A Itaúsa (ITSA4) vai emitir R$ 1,3 bilhão em debêntures, de acordo com documento enviado ao mercado nesta última quinta-feira (10).

A empresa informou que o valor será utilizado para viabilizar a compra da Liquigás, no qual os recursos não utiliados utilizados na compra será para recomposição do capital de giro.

COMUNICADO AO MERCADO

3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES

Comunicamos que o Conselho de Administração da ITAÚSA S.A. (“Companhia”), em reunião realizada nesta data, aprovou a 3ª emissão de debêntures nãoconversíveis em ações, no montante de R$ 1,3 bilhão, que serão utilizados,majoritariamente, para aporte na Copagaz Distribuidora de Gás S.A., de forma aviabilizar a aquisição da Liquigás Distribuidora S.A., sendo os recursosremanescentes utilizados para recomposição do capital de giro da Companhia.São Paulo (SP), 10 de dezembro de 2020.

ALFREDO EGYDIO SETUBAL
Diretor de Relações com Investidores

Continue lendo

MAIS ACESSADAS