Conecte-se conosco

Finanças

Confira duas opções de empréstimos disponíveis para MEI em 2021

Linhas de crédito para investir no próprio negócio podem chegar a R$ 25 mil, com 36 meses para pagar e taxas de juros reduzidas. Confira opções disponíveis.

Publicado

em

Finanças MEI

Quem é Microempreendedor Individual (MEI) e precisa de crédito para investir no crescimento do próprio negócio tem duas opções disponíveis em 2021. Os empréstimos tem o valor máximo de R$ 25 mil e condições facilitadas, com prazo estendido para o pagamento e taxas de juros reduzidas.

A primeira opção é oferecida pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Trata-se do programa Super MEI, uma parceria entre o Governo do Estado de São Paulo e o Sebrae-SP. Nesta modalidade, o valor do empréstimo pode variar entre R$ 300 e R$ 20 mil, com até 36 meses para pagar. Não haverá cobrança de juros.

Além do acesso a crédito facilitado, o programa oferece ainda qualificação profissional e formalização e regularização do negócio, visando a inovação, produtividade e a ampliação da empresa e da base de clientes. Assim, os participantes devem passar por um curso de capacitação em gestão empresarial para receber o empréstimo. Contudo, é importante destacar que esta linha está temporariamente suspensa.

Já a segunda opção de empréstimo é ofertada pela startup FinMatch, um correspondente bancário que faz a mediação do crédito para o microempreendedor. O valor do empréstimo é de R$ 500 a R$ 25 mil, também com pagamento em até 36 vezes e taxa de juros mais acessível em comparação a outras opções disponíveis no mercado.

Segundo os fundadores da FinMatch, no momento da análise de crédito, são considerados diversos fatores que determinam a probabilidade de pagamento, e não apenas as dificuldades pontuais do empreendedor. Por isso, é possível que mesmo solicitantes que estejam com o nome negativado tenham o crédito aprovado pela empresa.

Para contratar o empréstimo para MEI, é necessário atender aos requisitos da categoria, entre eles ter faturamento anual de R$ 81 mil e estar com a situação cadastral (declarações e demais obrigações) em dia.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.