Conecte-se conosco

Mercados e Cotações

Índices da China avançam com maiores chances de Biden na eleição dos EUA

Candidato democrata deve adotar uma postura de menos confronto nas relações sino-americanas em comparação ao atual presidente.

Publicado

em

O mercado de ações da China encerrou a quinta-feira em alta, uma vez que os resultados da eleição nos Estados Unidos indicam uma liderança firme do candidato democrata Joe Biden, considerado como a favor de uma postura de menos confronto nas relações sino-americanas em comparação ao atual presidente Donald Trump.

Diante da possibilidade de dias ou mesmo semanas de incerteza nos mercados financeiros após Trump ter aberto um ataque em várias frentes sobre a contagem dos votos buscando processos e uma recontagem, os investidores receberam bem qualquer indicação de um vitorioso claro.

“Desde que tenhamos um presidente, o mercado acionário vai comemorar”, afirmou um operador de Xangai.

Reunindo as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, o índice CSI300 teve alta de 1,48%, enquanto o índice de Xangai avançou 1,3%.

O resultado no índice CSI300 foi liderado pelo setor de consumo básico, que registrou ganhos de 1,61%.

Confira outros índices obtidos nesta quinta-feira:

  • Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 1,73%, a 24.105 pontos.
  • Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 3,25%, a 25.695 pontos.
  • Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 1,30%, a 3.320 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 1,48%, a 4.885 pontos.
  • Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 2,40%, a 2.413 pontos.
  • Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,40%, a 12.918 pontos.
  • Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 2,89%, a 2.588 pontos.
  • Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 1,28%, a 6.139 pontos.

Continue lendo
Publicidade
Comentários