Conecte-se conosco

Bancos

Nubank: Em rodada de investimentos, fintech é avaliada em US$ 30 bi

Movimento de gente grande

Publicado

em

O Nubank é um banco digital brasileiro, fundado em São Paulo, que se internacionalizou a pouco tempo, montando escritório na Colômbia e outros países, e acaba de participar de uma rodada de investimentos, sendo avaliado em US$ 30 bilhões.

Mais expressiva do que a cifra envolvendo a fintech, são as gestoras que estão interessadas na empresa do cartão roxinho. São elas: Absoluto Partners e um veículo da Verde Asset Management, além da Berkshire Hathaway, de Warren Buffett.

Para se ter ideia, a Berkshire Hathaway anunciou um aporte de US$ 500 milhões no Nubank.

Já o montante ao qual foi avaliado corresponde a R$ 150 bilhões, e é mais que o Banco do Brasil, avaliado em R$ 104 bilhões na B3.

O movimento chama a atenção, ainda, pelo fato de ser a primeira vez que o Nubank aceita investidores brasileiros em sua base de acionistas.

Cartão Nubank

Nubank

Comm relação à Absoluto Partners, trata-se de uma gestora do Rio de Janeiro fundada por José Zitelmann e Gustavo Hungria, ex-sócios do BTG.

Os aportes recentes elevam o total captado nesta rodada para mais de US$ 1,1 bi, tornando-a a maior de uma startup da América Latina. Anteriormente, o Nubank havia levantado um total de US$ 900 milhões em toda a sua história.

Cabe lembrar que poucos dias atrás o Nubank anunciou a conclusão da aquisição da corretora Easynvest. Disse, à época, que vai usar os recursos para expandir sua oferta de produtos, com a introdução de novas soluções no portfólio; para acelerar a internacionalização do negócio e contratar pessoas.

Também destacou que já chegou a 40 milhões de clientes e que, nos primeiros cinco meses deste ano, cresceu a um ritmo de 45 mil novos clientes por dia.

Veja também: Nubank anuncia nova fase e fala sobre mudanças; Veja quais são

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.