Conecte-se conosco

Commodities

Portos de Paranaguá (PR), São Francisco do Sul (SC) e Rio Grande (RS) são incluídos no PPI

Medida visa qualificar empreendimentos portuários à exploração pela iniciativa privada

Publicado

em

Crédito: site Terra

Com o objetivo de ampliar e fortalecer a interação entre Estado e iniciativa privada, por meio de contratos de parceria e outras medidas de desestatização, o governo federal acaba de incluir os portos de Paranaguá (PR) São Francisco do Sul (SC) e Rio Grande (RS) no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), conforme publicado hoje (25) no Diário Oficial da União (DOU).

Status prioritário – A inclusão faculta aos estabelecimentos portuários status prioritário no programa de investimentos federal, em que o Porto de Paranaguá (terminal portuário PAR03) possui uma área total de 38 mil metros quadrados, que movimenta e armazena granéis sólidos minerais.

Matérias-primas – Já o Porto de Rio Grande (terminal RIG71), com uma área de 11.448 metros quadrados, por onde são movimentadas matérias-primas, como madeira; ureia; farelo de Soja; trigo e soja em grão.

Granéis sólidos – Pelo porto de São Francisco do Sul (terminal TGSFS), detentor de uma área de 41.171 metros quadrados, são movimentados e armazenados, sobretudo, granéis sólidos vegetais.

Expansão logística – Em nota, a Secretaria da Presidência da República esclarece que “o decreto busca qualificar empreendimentos que possam ser outorgados à iniciativa privada para exploração econômica, com a consequente contrapartida de expansão da capacidade logística por meio de aportes de investimentos provenientes de agentes de mercado”.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS