Conecte-se conosco

Concursos e Processos Seletivos

Quem pode se inscrever no Prouni com o novo decreto?

O novo decreto acerca do Prouni mudou um pouco o perfil dos estudantes que podem competir por uma vaga. Veja aqui o que mudou!

Publicado

em

Em maio de 2022, passou a entrar em vigor, de forma definitiva, o decreto que possibilita que estudantes a participarem do Programa Universidade para Todos, mais conhecido como Prouni.

Leia mais: Escolas se arriscam e deixam alunos levarem merenda para familiares

Em vista disso, a inserção desses novos estudantes, que cursaram o ensino médio e o ensino fundamental em instituições privadas sem a necessidade de terem bolsa integral ou parcial, passou a valer efetivamente a partir da segunda edição de 2022 do programa, com as inscrições abertas até o dia 4 de agosto.

No entanto, esse novo decreto alterou os critérios estabelecidos para participar do Prouni. Agora, podem inscrever no Prouni:

  • Estudante de escola pública;
  • Estudante de escola particular com bolsa integral;
  • Estudante que cursou o Ensino Médio parte na escola pública e parte na escola particular com bolsa integral;
  • Estudante que cursou o Ensino Médio parte na escola pública e parte na escola particular com bolsa parcial ou sem bolsa;
  • Estudante de escola particular com bolsa parcial ou sem bolsa;
  • Professor da educação básica que queira cursos de licenciatura e pedagogia e Pessoa com deficiência.

Destarte, vale salientar que o critério de renda foi mantido, além de exigir que o estudante tenha tirado no mínimo 450 pontos na média das cinco notas do Enem sem zerar a redação.

Por fim, a classificação levará em consideração a nota que o estudante tirou no ENEM em relação aos outros candidatos. Ou seja, o estudante que tirar a maior nota acabará ficando com a vaga da graduação pelo PROUNI.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS