Conecte-se conosco

Empresas

Startups podem possuir acesso a crédito para acessar soluções tecnológicas

O edital aberto pela Serpro visa auxiliar as empresas que estão começando no ramo de tecnologia e inovação. Confere aqui!

Publicado

em

O Serpro, uma estatal do Governo Federal, que é a maior empresa pública voltada a tecnologia no mundo, no dia 19 de maio de 2022, abriu um edital com a finalidade de apoiar o modelo de negócios de startups brasileiras que atuam no setor de inovação.

Leia mais: Free Free: empresa que apoiou mais de 15 mil mulheres

Em vista disso, o programa de Serpro Booster está selecionando empresas que nasceram da vontade de fazer tecnologia e oferecer crédito para que essas startups consigam acessar algumas das melhores soluções de tecnologia de administração de dados públicos do Brasil.

Vale destacar que essas informações foram retiradas da Agência do Brasil. Desse modo, conforme aponta Carlos Alexandria, o gerente de Prospecção de Oportunidades Inovadoras do Serpro, a ideia é incentivar o ecossistema “empreendedor” e de inovação no território brasileiro.

O objetivo é, além de alavancar os negócios da empresa com a venda de produtos que ajudem as startups a obter melhores soluções inovadoras para o país, buscar ideias inovadoras que estejam alinhadas com o que esse mercado realiza. O Serpro é um incentivador do empreendedorismo e da inovação nacional“, relatou.

Além disso, os benefícios desse programa incluem as contas de acesso a programas como Datavalid, que é responsável por fazer a consulta das bases originais de governo para validar as informações e fazer a verificação dos dados ou imagens que foram enviadas por um interessado através de uma API, sigla que representa um conjunto de protocolos usados por determinados desenvolvedores na integração de plataformas distintas.

Por fim, de acordo com Alexandria, “esse tipo de dinâmica retirou o privilégio que os bancos tradicionais tinham, que era ter uma larga rede de agências espalhadas pelo país. Agora, uma fintech, que tenha como barreira de entrada justamente a validação cadastral, poderá usar uma solução tecnológica de forma segura, consultando dados do governo“.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS