Conecte-se conosco

Empresas

Tenda encerra antecipadamente 5º programa de recompra de ações e inicia outro

Foram adquiridas 3.637.578 milhões de ações ordinárias a um preço médio de R$ 27,60

Publicado

em

A Tenda encerrou antecipadamente seu quinto programa de recompra de ações, conforme fato relevante encaminhado ao mercado.

De acordo com o documento, o movimento foi aprovado pelo conselho e, por meio do programa, já foram adquiridas 3.637.578 milhões de ações ordinárias a um preço médio de R$ 27,60 para permanência em tesouraria e posterior cancelamento, ou para fazer frente às obrigações da companhia decorrente dos planos de opções de ações e dos planos de remuneração baseados em ações dirigidos a executivos e conselheiros.

Também disse que o conselho aprovou um novo programa de recompra, com o objetivo de adquirir ações de emissão da companhia para maximizar valor aos acionistas, ao permitir administração mais eficiente da estrutura de capital.

Tenda

Ainda de acordo com a construtora, a companhia poderá utilizar as ações para permanência em tesouraria, cancelamento ou para fazer frente às obrigações dos planos de opções de ações e dos planos de remuneração baseados em ações dirigidos a executivos e conselheiros.

Em relação à quantidade de ações que poderão ser adquiridas, a empresa mira até 10% das ações em circulação.

Atualmente existem 104.344.246 milhões de ações ordinárias de emissão da companhia em circulação e 8.130.591 milhões de ações em tesouraria.

A Tenda está listada na bolsa brasileira (B3) sob o ticker TEND3.

Veja o documento:

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Automobilística

Honda libera mais fotos da nova geração do HR-V

Modelo conta com versão híbrida que também deve chegar ao Brasil em breve. Ela é capaz de fazer mais de 18 km/l.

Publicado

em

Depois de quase oito meses, a Honda decidiu liberar novas imagens do HR-V 2022. O SUV compacto chega ainda em 2021 na Europa e possui versão híbrida e:HEV. Ela é capaz de fazer 18,5 km/l na gasolina. Aliás, esta versão também é aguardada pelo mercado brasileiro.

Leia mais: Volkswagen Virtus adiciona mais segurança e tecnologia na versão 2022

Novo Honda HR-V

A data de chegada do novo HR-V no Brasil é início de 2022, sem mês definido. Na verdade, o SUV será fabricado na unidade da Honda em Itirapina (SP). Com isso, sua chegada às lojas de todo o país será rápida. Espera-se que ocorra ainda no primeiro trimestre do próximo ano.

Os consumidores, aliás, podem esperar um veículo surpreendente. Afinal, o HR-V chegará totalmente modificado e ainda deve subir de patamar. Ou seja, vai disputar mercado até o novo Toyota Corolla Cross. O problema é que com isso o preço também deve ficar mais salgado.

Detalhes

A versão híbrida do modelo será convertida para flex, então utilizará gasolina e etanol. Contudo, está versão será a última a ser lançada. Inicialmente, os brasileiros vão conferir o carro com o mesmo perfil de motor.

Assim, o novo HR-V será equipado com motor 1.8 flex de até 140 cv de potência. Além disso, a versão topo de linha será 1.5 turbo, com 173 cv de potência. O câmbio automático será CVT, com simulação de marchas no volante.

Estética

A nova geração do SUV mantém o foco na elegância, com linhas mais refinadas e menos esportivas. Apesar disso, não perde a grandeza característica de um utilitário-esportivo. A iluminação é Full LED e as lanternas traseiras se conectam em uma barra de destaque. Aliás, este é o padrão que quase todas as montadoras estão aderindo.

O visual “clean refinado” se mantém no interior, que não ganhou grandes mudanças. O destaque vai para a longa saída de ar na parte superior, diferente da geração passada. Além disso, agora a central multimídia é flutuante.

Os valores ainda não foram revelados pela fabricante japonesa. Porém, com base em comparações com a concorrência e outros modelos, é possível oferecer uma estimativa. O nova Honda HR-V deve chegar ao mercado custando algo entre R$ 110 mil e R$ 160 mil.

Continue lendo

Empresas

Hapvida anuncia programa de recompra de ações

Pretende adquirir até 100.000.000 de ações ordinárias

Publicado

em

A Hapvida anunciou um programa de recompra de ações, conforme fato relevante encaminhado ao mercado.

De acordo com o documento, o movimento tem por objetivo aplicar recursos disponíveis da companhia de forma a maximizar a geração de valor para os acionistas, por meio de uma administração eficiente da sua estrutura de capital.

Também disse que pretende adquirir até 100.000.000 de ações ordinárias, e as operações de aquisição serão realizadas na B3, a preços de mercado.

Hapvida anuncia sucessão da vice-presidência comercial e de relacionamento

Hapvida

Ainda de acordo com o documento, o prazo para realização das operações é de até 18 meses, iniciando-se em 15 de outubro de 2021 e encerrando-se em 15 de abril de 2023.

As operações de aquisição de ações serão intermediadas pelo Bradesco Corretora de Títulos e Valores Mobiliários, Itaú Corretora de Valores, e XP Investimentos.

A companhia possui 1.316.455.040 ações ordinárias em circulação de acordo com a última base acionária disponível.

A administração da empresa definirá o momento e a quantidade de ações a serem efetivamente adquiridas, observados os limites e o prazo de validade estabelecidos no Programa e legislação aplicável.

A Hapvida está listada na bolsa brasileira (B3) sob o ticker HAPV3.

Veja o documento:

Continue lendo

Automobilística

Detran isenta 126 mil motoristas do processo de suspensão da CNH

Ação beneficia os motoristas que tinham vinte ou mais pontos na CNH antes da reformulação do novo Código de Trânsito Brasileiro.

Publicado

em

Mais de 126 mil processos de suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) foram “perdoados” pelo Departamento de Trânsito de São Paulo (Detran-SP). O motivo está relacionado à reformulação das regras do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), atualizadas em abril desse ano.

Leia mais: Liberado! Mais um grupo pode sacar auxílio emergencial a partir de hoje, 15

Ao todo, 126.957 processos de suspensão do direito de dirigir que aguardavam julgamento foram anulados pelo órgão de trânsito. A ação beneficia os motoristas que tinham vinte ou mais pontos na CNH e que tiveram seus processos abertos antes do novo CTB entrar em vigor, ou seja, até março de 2021.

“Essa mudança na lei beneficia o motorista que corria o risco de suspensão da habilitação porque tinha 20 pontos na carteira e não se encaixava na legislação do novo CTB, que hoje aumentou o limite para até 40 pontos, dentro de algumas situações”, esclareceu Raul Vicentini, diretor de Habilitação do Detran-SP.

Novo limite de pontuação

Até então, o limite de pontuação permitido para casos de infrações de trânsito era de 20 pontos. Posteriormente, após a reformulação do CTB, o quantitativo de pontuação para a suspensão da CNH ficou definido da seguinte forma:

  • 20 pontos: quando o motorista comete duas ou mais infrações gravíssimas;
  • 30 pontos: quando o motorista comete uma infração gravíssima;
  • 40 pontos: quando o motorista não possui nenhuma infração gravíssima ou em caso de ele exercer atividade remunerada.

Cancelamento automático

De acordo com o representante do Detran-SP, o condutor não precisa se dirigir a uma unidade do Poupatempo ou do Detran para pedir o cancelamento do processo de suspensão. Isso porque a ação acontece de forma automática pelo próprio sistema do órgão.

O Departamento de Trânsito também alerta para que os motoristas não caiam em golpes de pessoas que estão oferecendo serviços para efetuar a suspensão de um processo. Para evitar esse tipo de problema, o Detran vai comunicar o interessado sobre a decisão via Correio. Quem não receber o comunicado pode acessar o site do Detran-SP para mais informações.

Continue lendo

MAIS ACESSADAS