Conecte-se conosco

Criptomoedas

Mercado cripto em crise; entenda

O mercado de criptomoedas está em crise há alguns meses, no mínimo. Confira aqui o que está acontecendo com o Bitcoin!

Publicado

em

O mercado de criptomoedas vem passando por momentos tenebrosos nos últimos meses, uma dinâmica que, embora esteja dentro do “comum”, afeta o mercado significativamente. De fato, está ocorrendo uma queda diária na maioria das criptomoedas, e essa movimentação está deixando os investidores preocupados. As principais moedas do mercado estão com quedas significativas e o Bitcoin, principal nessa questão, caiu para 27.253 dólares na madrugada do dia 12 de junho. No entanto, a queda não foi tão grande quanto a da LUNA, por exemplo.

Leia também: Terra (LUNA): o fracasso da criptomoeda

Nesse sentido, fazendo uma análise da queda da principal criptomoeda do mercado, o Bitcoin perdeu 30.000 dólares e confirmou a sua queda no dia 11 de junho, caindo para 29.000 dólares e, no dia 12, caindo para 27.000 dólares. Além disso, vale ressaltar que, no ano de 2021, o Bitcoin alcançou uma mínima de 26.000 dólares.

Em vista disso, vale ressaltar também que o Bitcoin começou a cair depois que a inflação nos Estados Unidos mais uma vez passou das expectativas, que embasaram a tese de que o Federal Reserve (Fed) irá continuar subindo as taxas de juros de forma bastante agressiva. Esse é um fator extremamente positivo para a moeda norte americana, mas essencialmente negativo para a criptomoeda, o Bitcoin.

Destarte, existem rumores de que, dada a surpresa desagradável do IPC dos Estados Unidos que ocorreu na semana anterior, a possibilidade da taxa de juros subir de novo é intencionalmente real. Dessa forma, caso a taxa suba os 0,75% que os analistas estão especulando, é bem provável que o Bitcoin desvalorize ainda mais, afetando o mercado de forma progressiva.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS