Conecte-se conosco

Empresas

Iguatemi Empresa de Shopping e Jereissati Participações anunciam reorganização societária

Vão unificar algumas administrações

Publicado

em

A Iguatemi Empresa de Shopping e a Jereissati Participações anunciaram reorganização societária, conforme fato relevante encaminhado ao mercado.

De acordo com o documento, o movimento será submetido à aprovação dos seus acionistas em Assembleias Gerais.

“Tem como objetivo simplificar a estrutura societária das companhias, consolidando as suas bases acionárias em uma única empresa, sem alteração da sua estrutura de controle, propiciando, assim, um aumento de liquidez de suas ações e uma maior capacidade de investimento e crescimento”, informou.

Também disse que a reorganização societária consistirá na incorporação de ações da IESC pela Jereissati, pela qual todas ações de emissão da IESC que atualmente não são detidas pela Jereissati serão incorporadas pela Jereissati, tornando a IESC uma subsidiária integral da Jereissati.

“Com a conclusão da operação, a totalidade das ações de emissão da IESC passarão a ser de titularidade da Jereissati. Os acionistas que tiveram suas ações incorporadas à Jereissati receberão em substituição novas ações de emissão da Jereissati, na forma de certificados de depósito de valores mobiliários (units).

Iguatemi Empresa de Shopping e Jereissati Participações anunciam reorganização societária

Iguatemi

Ainda de acordo com o fato relevante, a operação, uma vez concluída, permitirá a criação da Iguatemi S.A., nova denominação a ser adotada pela Jereissati, que reunirá a totalidade das bases acionárias da IESC e da Jereissati em uma única companhia aberta, que terá suas ações negociadas, na forma de units, no segmento de listagem Nível 1 da B3.

“Porém, com direitos de acionista e práticas de governança substancialmente similares àqueles exigidos pelo Regulamento do Novo Mercado da B3, com um free float estimado de 45% superior ao atual free float da IESC e capacidade adicional para realizar novos investimentos e aquisições estratégicas”, frisou.

Principais Benefícios da Operação

A unificação das bases acionárias das companhias permitirá o aumento da sua capacidade de investimento e crescimento, sem o aumento do endividamento, colocando as Companhias em uma posição mais favorável para participar das oportunidades futuras de consolidação, combinações de negócios e aquisição de ativos estratégicos, aumentando a sua relevância no mercado imobiliário brasileiro.

As administrações confiam que todas essas vantagens e benefícios se reverterão em favor do conjunto dos seus acionistas, que, caso a operação seja implementada, passarão a ser todos acionistas da Iguatemi S.A., que irá deter, direta e indiretamente, a totalidade dos ativos imobiliários e operacionais da IESC.

Além disso, as administrações das companhias acreditam que essa nova estrutura, concentrada na Iguatemi S.A., acarretará na redução significativa das atuais despesas gerais e administrativas, em função da redução da duplicidade de órgãos deliberativos, além de proporcionar a realização de créditos e outros benefícios fiscais.

A Iguatemi está listada na bolsa brasileira (B3) sob o ticker IGTA3.

Veja o fato relevante:

Iguatemi Empresa de Shopping e Jereissati Participações anunciam reorganização societária

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.